Gaúcho mal interpretado

26 junho 2008

O gauchão de Piratiní está preso na Delegacia, roxo de cima a baixo, sangrando, todo arrebentado.

O advogado chega e pergunta o que aconteceu.

O preso começa a explicar:

- Bueno, eu estava passando no más e de repente ví um baita entrevêro... Um monte de gente correndo. Socorriam uma prostituta que

acabava de dar a luz a um piá... Bem no meio da rua, ali na 'voluntários'! Solidário, comprei um pacote de fraldas pra ajudá a

puta. Então um Brigadiano, negão de 2 metros de altura, lôco pra cagá um de pau, se aprochegou e vendo um pacotão nas minhas mãos,

perguntou:

- Prá onde vai isso tchê?

E eu respondi:

- Vai prá puta que pariu.

Depois disso, Dr.... Não lembro de mais nada..

Fonte: ILARIO NELSON NIED por email


2 comentarios:

Catarino disse...

Olá, muito boa está história.
Vim conhecer seu blog e agradecer pela visita ao meu blog.
Informo que favoritei no blogblogs.
Abraço

Tiago Brito disse...

Valeu Catarino, boas discussões no seu blog


Abraços